Seu Cérebro Odeia Mudança. Veja 3 Dicas Sobre Como Mudar De Vida (E Desapegar Do Medo)

O seu cérebro odeia mudança. Você está programado para evitar mudança, custe o que custar. Você tem medo de mudar de vida.

E o motivo é bem simples de se entender.

Imagine que você é um Neandertal. O seu maior desafio na vida é sobrevivência.

Comida é excarça. Água também. É frio e você precisa de constante busca por abrigo apropriado.

Ao sair de casa, há umas centenas de animais mais fortes, rápidos e e maiores que você.

Todo cuidado é pouco. Não há possibilidade de permanecer em casa. Alguém tem que caçar.

Então você vai a caça, na espreita, com muito cuidado. Qualquer som é suspeito, qualquer movimento brusco é ameaça. Você vive em alerta!

Essa é a vida da sua espécia por milhões de anos. Não milhares, milhões.

O seu corpo evolui de acordo com o ambiente. Seus sentidos tornam-se mais aguçados. Seu instinto trabalha a seu favor. Você não pode dar mole!

Seu corpo torna-se mais forte, mais rápido, mais inteligente. Seu cébreo evolui para prever o futuro.

Aliás, você é a única espécie do mundo que tem a capacidade de prever o futuro através da imaginação.

E então, por conta da evolução natural, você sobrevive, e então dá vida a uma nova espécie. Você não é mais um Neandertal – você agora é um Homo Sapiens, mais conhecido como a raça humana.

Seu Cérebro Não Quer Te Manter Feliz, Ele Quer Te Manter Vivo

Entanda a neurologia da mudança de vida

Você vai precisar entender isso se quer hackear o seu cérebro e viver a vida que você escolheu. Você precisa entender que seu cérebro é uma máquina com milhões de anos de evolução nas costas, e ele não quer te manter feliz, ele quer te manter vivo.

Aliás, felicidade é algo recente. Ninguém nunca passou a pensar em ser feliz até umas dezenas de anos atrás. Nós queríamos era viver o máximo possível.

No entanto, tudo mudou. Nós hoje temos uma vida conectada e cheia de escolhas.

Já não há animais a sua caça. Já não há perigo de morte eminente, na maioria dos casos.

Você tem acesso fácil a comida, a hora que quiser. Água potável também.

Você tem abrigo a tempestades e já não precisa estar mudando de lugar para lugar por conta da escarsez de recursos.

Você vive uma vida bem diferente.

Agora, será que seu cérebro sabe disso?

Bem Vinda, Mudança

Eu sou acostumado com mudanças. Aos 20 anos de vida, já havia vivido em 25 casas diferentes. Aos 25 já vivi em mais de 30, e contando.

Desde muito cedo sempre fui uma espécie de nômade. Fora isso, comida e dinheiro sempre foram de alcance limitado na infância, por isso desenvolvi meu cérebro e mentalidade de uma forma onde mudança já não era a excessão, era a regra.

A maioria das pessoas, entretanto, não possuem o mesmo estilo de vida. A maioria das pessoas passam a vida no mesmo lugar, na mesma casa, com os mesmos amigos, na mesma escola.

A maioria simplesmente não precisa mudar de vida. Com isso, não há qualquer exposição ao que é uma das coisas mais naturais que acontecerão em sua vida.

Mudança irá acontecer, queira você ou não.

Mas por você ser adverso a mudança, você não muda, mesmo quando precisa. Então muita gente passa a vida em um trabalho que odeia, em um casamento que não funciona, em uma cidade que não suporta.

Tudo por medo de mudar. Sabe por quê isso acontece?

Entendendo O Seu Hardware (O Cérebro)

A mudança nos empurra para fora dessa zona de conforto, estimulando o córtex pré-frontal, a parte do seu cérebro que consome a maior parte da sua energia e é responsável pelo discernimento, pelas escolhas e pelo controle dos seus impulsos.

Mas o córtex pré-frontal também está diretamente ligado à parte mais primitiva do cérebro, a amígdala (o circuito de medo do cérebro, que controla nossas resposta á ameaças externas). A amígdala está localizada bem no centro do seu cérebro e é basicamente um caroço (daí o nome, que vem do Grego).

E quando o córtex pré-frontal é sobrecarregado com conceitos complexos e desconhecidos, ou com qualquer mudança brusca, a conexão da amígdala é acionada em alta velocidade e o medo aparece.

Os sintomas podem ser muitos quando essa reação acontece, e você pode descobrir um pouco mais sobre isso no Google. Mas sintomas como ânsia de vômito, tremedeira, suor frio, pressão baixa – todos esses são sintomas do seu “sexto sentido”, que nada mais é seu sistema de proteção contra qualquer mudança em sua vida. É puro medo.

Eu sou um nerd da neurociência, amo descobrir quais são as ações e reações do cérebro e qual efeito é causado por cada ação ou sentimento.

Entretanto, não ficarei aqui te enxendo de baboseira científica se você não tem interesse nisso. Você tá aqui pra descobrir como programar seu cérebro pra mudar, e é só. Então é isso que iremos fazer agora.

Como Hackear Seu Cérebro E Iniciar A Mudança De Vida

A mecânica do cérebro
Mudar de vida: qual a neurologia por trás do medo

Na vida você não alcança tudo que você quer, você alcança tudo que você tolera.

Tony Robbins

Tony Robbins é um mestre em PNL (Programação Neurolinguística), e se há alguém que você deve ouvir quando falamos em hackear o cérebro, é este homem.

Então vou te passar aqui alguns pontos que irão te ajudar a fazer a engenharia reversa do seu medo e acalmar seu corpo e cérebro diante de mudanças na sua vida, e diante de qualquer medo que você tenha além das mudanças.

Vou enumerar os pontos por ordem. Acredito que essa seja a ordem mais eficaz de se seguir, já que um ponto leva ao outro.

#1 – Pratique Mindfulness (Consciência Ativa, Atenção Plena, Auto-Conhecimento)

Mindfulness é um termo bem comum, mas não se prenda à terminologia. O importante é o conteúdo da mensagem.

O objetivo aqui é começar por entender o que está acontecendo em sua fisiologia assim que há a conexão entre o cortéx pré-frontal e a amígdala. Ou seja, que raios acontece com seu corpo quando o medo vem com tudo e dá aquela vontade de correr e fugir.

Preste atenção em cada sentimento, cada pensamento, cada movimento do seu corpo. Não julgue e não tente mudar nada neste ponto, simplesmente entenda o que tá acontecendo e dê um rótulo.

Você tá com as pernas tremendo? Então diga, em voz alta (não precisa ser alta mesmo, pode sussurrar): Eu tenho minhas pernas tremendo, estou com medo.

Seu coração acelerou? Põe a mão no peito e diga: meu coração está extremamente acelerado, estou com medo.

Só o fato de você conseguir pegar o que acontece com seu corpo quando o medo dispara já é um passo enorme na hora de mudar de vida. Lembra aquela frase que “assumir o problema é o primeiro passo para mudá-lo”? Então, a premissa é a mesma.

E não se engane – é difícil pra caramba fazer isso! Principalmente quando você tá com os nervos a flor da pele, é complicado pensar em qualquer coisa que não seja a “ameaça” a sua frente. Por isso esse exercício é de total importância.

#2 – Leia Seus Sonhos & Medos Todos Os Dias

Então você conseguiu praticar mindfulness e está atento às vibrações do seu corpo e a sua reação ao medo. Excelente! Agora nós vamos atacá-los.

Eu quero que você escreva em um papel, no celular, na parede, tatue no corpo – o que for. Eu apenas preciso que você escreva seus maiores sonhos, os maiores mesmo, e os seus maiores medos também.

O que você quer alcançar antes de morrer?

Por que você tem medo de mudança? Qual é o pior cenário possível?

Escreva isso e leia todos os dias assim que acordar e antes de dormir. Não vai te levar 2 minutos pra fazer isso. Pô, você quer hackear o cérebro ou não?!

Leia os sonhos e os medos, pense neles por um segundo, imgine sua vida sem os medos e alcançando esses sonhos. Qual seria os sentimentos que você teria? Como seria sua vida se você não tivesse medo de mudar de vida?

Faça isso todos os dias, religiosamente, e você vai ver a mudança no seu cérebro não vai demorar muito.

#3 – Respire 6 & Desapegue Dos Seu Medo Para Mudar De Vida

Mudança de vida através da respiração controlada

Você recebeu uma notícia: sua esposa foi convidada para a vaga de seus sonhos, e ela quer muito aceitar! No entanto, a vaga requer que vocês mudem de cidade.

“O QUÊ? MUDAR DE CIDADE?! E a minha mãe? Meus amigos? Meu futebol?!”.

É nesse momento que você perde o controle do cérebro e ele sái correndo em direção ao medo, em um instindo de sobrevivência que te faz reagir ao invés de agir.

É nesse momento de pré-catástrofe que esse exercício entra e resolve o problema. Assim que você perceber o sangue subindo, o que você aprendeu a fazer no passo #1, você vai fazer o seguinte:

Respire 6 vezes bem fundo, inspirando pelo nariz, expirando pela boca, como se tivesse soprando um canudo, bem devagar….

Ao inspirar, diga:

Eu inspiro calma e paz de pensamento…

Ao expirar, diga:

Eu expiro raiva, angústia e medo…

Repita.

Faça isso seis vezes de forma rítmica (no mesmo ritmo). Seu cérebro receberá oxigênio, o que estava em falta até então, e seu corpo assimilará que você não está em um caso de vida ou morte.

Seu coração desacelera. Sua visão volta ao normal. Tá tudo bem.

Conclusão

A verdade é que você sempre terá medo de mudar de vida. Faz parte e é natural ao ser humano. O que este artigo prega e te ensina não é a ausência completa do medo. O que eu tô te ensinando é o controle sobre o medo no nível fisiológico. Não é psicologógico, não tô falando de mindset.

É fisiológico.

Tô falando de bioquímica, de conexões neurológicas e hacks que te ajudam a controlar tudo que acontece dentro do seu corpo.

É óbvio que mindset faz parte do processo. Mas não é o ponto do artigo. Falo muito sobre mindset em outros artigos.

Peço que você então pratique:

  • Consciência, mindfulness, atenção plena.
  • Leia seus sonhos e medos todos os dias. Todos os dias.
  • Pratique a respiração rítmica (6 vezes) e desapegue dos seus medos.

Eu te garanto – eu te garanto que se você fizer isso no seu dia-a-dia (com disciplina), você deixará der ter tanto medo de mudar de vida. Aliás, você desenvolverá um controle maravilhoso sobre o medo, e poderá aplicar em todas as áreas da sua vida.

Tá esperando o que? Agora é ir pra cima.

Gostou do artigo? Por favor compartilhe e deixe seu comentário. Ajuda muuuuito mesmo.

Abraços,

Marco

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo